"Abrindo..."

Saiba como resolver os principais problemas para receber o auxílio emergencial

O auxílio emergencial de R$ 600,00 começou a ser liberado para saque presencial pela Caixa na última semana para milhões de brasileiros. Muitos trabalhadores tiveram dificuldade de fazer o saque e ficaram horas na fila tentando resolver o problema.

O auxílio emergencial de R$ 600,00 começou a ser liberado para saque presencial pela Caixa na última semana para milhões de brasileiros. Muitos trabalhadores tiveram dificuldade de fazer o saque e ficaram horas na fila tentando resolver o problema.

Fila em frente a agencia da caixa Auxílio Emergencial
Imagem: Internet

Nesta sexta-feira, primeiro de maio, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que 12 milhões de pessoas estão com o cadastro inconclusivo, e devem fazer o recadastramento pelo aplicativo oficial ou pelo site: auxilio.caixa.gov.br.

Veja como evitar e corrigir os erros no cadastro

- Problemas no benefício: como corrigir e evitar:

1 - No aplicativo Auxílio Emergencial (ou site auxilio.caixa.gov.br)

Principais problemas:

CPF do familiar que não bate;
Gênero não localizado; É chefe de família, mas não informa o CPF de filhos e companheiro.

O que fazer:

Para quem teve o retorno da análise como “dados inconclusivos”, será permitido ao cidadão realizar nova solicitação corrigindo os dados apontados.

Os motivos da inconclusão podem ser:

- Marcação como chefe de família sem indicação de nenhum membro;
- Falta de inserção da informação de sexo;
- Inserção incorreta de dados de membro da família, tais como CPF e data de nascimento;
- Divergência de cadastramento entre membros da mesma família;
- Inclusão de alguma pessoa da família com indicativo de óbito

Se o resultado for “benefício não aprovado”, o cidadão poderá contestar o motivo da não aprovação ou realizar nova solicitação.

Passo a passo da contestação:

No site auxílio.caixa.gov.br, clique em “Acompanhe sua solicitação”;

Informe CPF;

Marque a opção “não sou um robô” e clique em continuar;

Será enviado um código via SMS para o celular cadastrado do beneficiário;

Informe o código recebido;

Aparecerá a mensagem “Auxílio emergencial não aprovado”, além do motivo da não aprovação;

No site auxílio.caixa.gov.br, clique em “Acompanhe sua solicitação”;

Abaixo, serão disponibilizados dois links;

No primeiro, é possível clicar em “Realizar nova solicitação”, caso o cidadão informou algum dado errado;

No segundo, está a opção “Contestar essa informação”.

Para os casos de cidadãos inscritos no CadÚnico que tiverem sido reprovados após análise pela Dataprev, estes podem solicitar nova avaliação através do cadastramento no aplicativo ou site auxilio.caixa.gov.br.
Veja como fazer:

2 - No aplicativo Caixa Tem

Principais problemas

O código de acesso para saque foi gerado, mas expirou antes da conclusão do saque.
O que fazer: o código para saque (token) pode ser gerado no Caixa Tem quantas vezes for necessário.

O beneficiário com valor aprovado não consegue gerar o código no Caixa Tem
O que fazer:é preciso o código para realizar o saque; para acessar a funcionalidade do saque sem cartão, é necessário utilizar a nova versão do aplicativo Caixa Tem, disponível para download desde segunda-feira (27). Quem tem a versão anterior precisa fazer uma atualização por meio da sua loja de apps.

Atenção: o Caixa Tem está disponível exclusivamente para clientes da Poupança Social Digital. Os beneficiários do Bolsa Família, pessoas que já têm poupança na Caixa e correntistas de outros bancos não precisam baixar o aplicativo para receber o auxílio.

O beneficiário não consegue entrar no Caixa Tem; o acesso fica indisponível
O que fazer:também é preciso fazer o download ou atualização do aplicativo Caixa Tem. Lembrando que vale apenas para beneficiários que recebem pela Poupança Social Digital.

Caso o cliente não consiga emitir o código para saque (token) através do app Caixa Tem, poderá se dirigir a uma agência do banco para a geração do código por empregado Caixa.

O beneficiário não sabe configurar o celular para entrar no Caixa Tem, gerar código etc.
O que fazer:a Caixa disponibiliza links com vídeos explicativos:

Como utilizar os aplicativos Caixa Auxílio Emergencial e Caixa Tem: https://www.youtube.com/watch?v=8xB9-yUyrk8

Tutorial completo em pdf e vídeo de como utilizar o Caixa Tem para saque em espécie:

http://www.caixa.gov.br/Downloads/aplicativo-caixa-tem/saqueauxilio_passo_a_passo.pdf

https://www.youtube.com/watch?v=pE2C7-y5kRY

O aplicativo Auxílio Emergencial diz que o benefício está aprovado, mas o Caixa Tem diz que não há conta digital e manda voltar ao aplicativo Auxílio Emergencial que, por sua vez, confirma que o benefício está liberado
O que fazer:não são todos os beneficiários do auxílio emergencial que recebem pelo Caixa Tem. O app está disponível exclusivamente para clientes que recebem o crédito pela Poupança Social Digital. Pessoas que já têm poupança na Caixa e correntistas de outros bancos não precisam baixar o app para receber o auxílio, uma vez que o crédito será feito nestas contas. Os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para receber o auxílio receberão o crédito no mesmo calendário e da mesma forma que o benefício regular.

CadÚnico

Principais problemas

Para todos os casos de problemas relatados por usuários, o reclamante não consegue falar no 111 ou nos telefones de suporte da Caixa porque os atendentes estão ocupados.

O que fazer:

A Caixa diz que, devido ao alto volume de chamadas, a operadora de telefonia vem realizando incremento em sua infraestrutura;
O Banco diz que já registrou um aumento na capacidade de atendimentos simultâneos em 60%, atingindo picos de 13 mil atendimentos por minuto e 8 milhões de chamadas em um só dia.

Fonte: Caixa Econômica Federal.