"Abrindo..."

Por Que? Somos um site em busca da verdade, procurando sempre a resposta correta dos inúmeros questionamentos.

O presidente Bolsonaro escreveu em seu Twitter, nesta manhã de 9 de Novembro, duas mensagens para os “amantes da liberdade e do bem” e diz para não dar “munição” “ao canalha, que momentaneamente está livre”, porém não menciona o nome do ex-presidente Lula, que foi solto na tarde de 8 de Novembro, após 580 dias preso em Curitiba.

Pronunciamento Jair Bolsonaro
Foto: Reprodução / Twitter

“Amantes da liberdade e do bem, somos a maioria. Não podemos cometer erros. Sem um norte e um comando, mesmo a melhor tropa, se torna num bando que atira para todos os lados, inclusive nos amigos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa.”

O presidente Bolsonaro continuou em seu Twitter:

“Iniciamos a poucos meses a nova fase de recuperação do Brasil e não é um processo rápido, mas avançamos com fatos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa.
- BRASIL ACIMA DE TUDO!
- DEUS ACIMA DE TODOS!”